Soepe em negociação com Olinda

Soepe em negociação com Olinda

Com o intuito de valorizar os Cirurgiões-Dentistas da Prefeitura de Olinda, gestores, representantes da categoria e do Soepe decidiram formar,…

Dentistas e Enfermeiros não aceitam a proposta salarial da gestão socialista

Dentistas e Enfermeiros não aceitam a proposta salarial da gestão socialista

A categoria vai aguardar a reunião agendada PCR para o dia 24 de agosto, para maiores esclarecimentos sobre as suas…

Soepe na luta com os dentistas de Caruaru

Soepe na luta com os dentistas de Caruaru

Reforçando o seu compromisso de interiorizar as ações do Soepe, o seu presidente, professor Ailton Coelho, e o vice, Dr.…

Pauta em andamento no Cabo de Santo Agostinho

Pauta em andamento no Cabo de Santo Agostinho

Os Cirurgiões-Dentistas do Cabo de Santo Agostinho, o presidente do Soepe, professor Ailton Coelho, e o vice-presidente, Dr. George Gusmão,…

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.

Principal

Dentistas de Olinda sem reajuste salarial e atualização da gratificação SUS

Cirurgiões-dentistas servidores de Olinda se reuniram ontem (27), no Sindicato dos Odontologistas no Estado de Pernambuco (Soepe), para discutir com o presidente da entidade e seus diretores a difícil situação de falta de reajuste salarial e da atualização da gratificação de produtividade do SUS (Lei municipal nº 5285/01).

Os servidores não recebem aumento de salário e nem o pagamento da produtividade há mais de dois anos. Além disso, denunciaram que menos de 20% das unidades de saúde estão com atendimento odontológico no município. O presidente do Soepe, professor Ailton Coelho, se comprometeu em tentar continuando dialogar com a gestão. O Soepe aguarda a resposta do município sobre o ofício enviado dia 07 deste mês, com as reivindicações dos servidores.

 

Leia mais:Dentistas de Olinda sem reajuste salarial e atualização da gratificação SUS

Write comment (0 Comments)

Dentista e enfermeiros da PCR se unem em assembleia para fortalecer a luta

Reajuste salarial para dentistas e enfermeiros do Recife, mais segurança nas Unidades de Saúde da Família (USF), PMAQ, melhores condições de trabalho, insalubridade e política de preceptoria foram os principais assuntos discutidos em assembleia extraordinária realizada nesta manhã (15) pelos Sindicatos dos Odontologistas (Soepe) e Enfermeiros no Estado de Pernambuco (Seepe).  O documento com as propostas aprovadas pelas categorias será apresentando na Mesa de Negociação com a Prefeitura do Recife, marcada para o próximo dia 21.

Leia mais:Dentista e enfermeiros da PCR se unem em assembleia para fortalecer a luta

Write comment (0 Comments)

Dentistas de Jaboatão na luta por Direitos e Avanços

Uma comissão de dentistas de Jaboatão dos Guararapes e o assessor do Soepe, Dr. George Gusmão, reuniram-se ontem (22) com o secretário de Saúde daquele município, Alberto Luiz Alves, para apresentar a pauta de reivindicações da categoria. O gestor se comprometeu em apresentar as respostas ao pleito dos dentistas em abril. No quadro abaixo, as principais reivindicações!

Write comment (0 Comments)

Presidente do Soepe recebe homenagem do Sindodonto/PB e prestigia posse da nova diretoria

O presidente do Soepe, professor Ailton Coelho, prestigiou a posse da nova diretoria do Sindicato dos Odontologistas no Estado da Paraíba - Sindodonto, que tem à frente a dra Joana Batista, também presidente da Federação Nacional dos Odontologistas (FNO). Na ocasião, o professor Ailton Coelho foi homenageado com medalha Honra ao Mérito pelos Relevantes Serviços Prestados à Odontologia Brasileira, conferida pelo Sindodonto/PB.

A cerimônia foi marcada por discursos ressaltando a união da categoria no sentido de fortalecer a luta contra às propostas de reforma da previdência e trabalhista, que tramitam no Congresso. Ailton Coelho destacou que a união da categoria é fundamental para se obter avanços não só nessas reformas, mas também em outras propostas que tramitam no legislativo.

Atualmente, o Brasil conta 294 mil cirurgiões-dentistas atuantes em 23 especialidades. Apesar de alguns avanços, registrados na última década com o programa Brasil Sorridente, a Saúde Bucal no Brasil ainda é deficitária, com grande carência de efetivo de dentistas nas Equipes de Saúde da Família (ESF). Em Pernambuco, por exemplo, mais de 60% da população não têm acesso à odontologia pública.
 
A presidente da FNO e do Sindodonto, destacou alguns dos principais entraves ao avanço da odontologia no Brasil, como a ausência de regulação nacional para obrigatoriedade da presença do dentista no ambiente hospitalar e também a urgência na criação do terceiro turno.

Além do presidente do Soepe, prestigiaram o evento o prefeito em exercício da cidade de João Pessoa, Dr. Manoel Júnior, o secretário Geral da FNO e presidente do Sindicato dos Odontologistas de Ribeirão Preto (Sindiorp), Dr. Ernani Bezerra, a presidente do Sindicato dos Odontologistas da Região do ABC, Drª. Valéria Bottino, o deputado federal, Pedro Cunha Lima (PSDB/PB), o deputado federal, Benjamin Maranhão (SD/PB), o presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antônio Neto, o presidente da Uniodonto, Tertuliano de Brito, o representante do SIMED/PB, Tarcísio Campos, o presidente do Sindifisco/PB, José Isidro, o representante do Conselho Estadual de Saúde, Jamacy da Costa Almeida, e a representante da Secretaria da Saúde, Cláudia Veras.

 

Write comment (0 Comments)

FNO reforça luta pelo Piso Nacional dos Trabalhadores do SUS

Em reunião no Conselho Nacional de Saúde (CNS), no dia 16 de fevereiro, em Brasília/DF, a presidente da Federação Nacional dos Odontologistas (FNO), Joana Batista Oliveira Lopes, reforçou a urgência da implantação do Piso Nacional dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) ao ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Na ocasião, a presidente da FNO, solicitou uma reunião com o ministro do Trabalho, para tratar exclusivamente do Piso Nacional dos Trabalhadores do SUS, para dar continuidade à luta encampada pela Federação em conjunto com os Sindicatos dos Cirurgiões-Dentistas de todo o País, apoio integral da Confederação Nacional dos Profissionais Liberais (CNPL), da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e do Fórum dos Trabalhadores da Área da Saúde (Fentas).

​O anteprojeto propõe abrangência do Piso Nacional nas esferas de Governo da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, integrando assim os níveis médio, superior e elementar. A proposta do anteprojeto contempla os trabalhadores da Atenção à saúde, Gestão, Auditoria, Fiscalização e regulação, Vigilância à saúde, Perícia, Apoio administrativo e infraestrutura e Ensino e pesquisa.

Em 2016, a Federação Nacional dos Odontologistas (FNO) realizou um intenso trabalho em defesa da implantação do Piso Nacional. Foram três reuniões com o presidente Michel Temer, uma reunião com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros e outra com o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, com destaque para a necessidade de valorizar os trabalhadores do SUS, para que a remuneração seja compatível com o grau de complexidade do trabalho exercido. No dia 10 de junho de 2016, a FNO entregou o anteprojeto de lei do piso ao Presidente Temer, a qual detalha a urgência de cumprir o que estabelece o inciso V, do Art. 7º da Constituição: São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros, que visem à melhoria de sua condição social…V – piso salarial proporcional à extensão e à complexidade do trabalho.

Diante do cenário que ameaça a retirada de direitos trabalhistas e previdenciários, a Diretoria da FNO reforça a importância do engajamento das categorias que compõem o Sistema Único de Saúde para fortalecer o movimento sindical no Congresso Nacional e nos estados pela implementação do Piso Nacional.

Leia mais:FNO reforça luta pelo Piso Nacional dos Trabalhadores do SUS

Write comment (0 Comments)
Você está aqui: Pagina Principal